Por Wagner Riggs – 18 JUL, 2018 10:58

A Coinbase, uma das maiores bolsas de criptomoedas do mundo, recebeu sinal verde das autoridades financeiras dos Estados Unidos para realizar a compra de instituições financeiras com foco em valores mobiliários, um movimento que poderia eventualmente fazer a empresa listar tokens considerados valores mobiliários.

A bolsa agora vai poder avançar no seu projeto de se tornar uma das primeiras instituições regulamentadas pelo governo a negociar criptomoedas que sejam consideradas valores mobiliários e também para tornar as negociações tradicionais mais simples.

A aprovação partiu da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) e da Autoridade Reguladora da Indústria Financeira (FINRA), que aprovaram a compra pela Coinbase da Keystone Capital Corp., Venovate Marketplace Inc. e da Digital Wealth LLC, segundo um porta-voz da companhia na segunda-feira, anotado pelo Bloomberg.

São estas empresas que vão dar todo o suporte necessário no planejamento da Coinbase em negociar os títulos, pois elas são instituições financeiras com foco em valores mobiliários.

A bolsa não é a única que corre atrás de regulações. Sua concorrente, a Circle, disse no mês passado que também pretende buscar o registro junto à SEC. A empresa também planeja buscar uma licença bancária federal para fornecer mais serviços aos clientes.

“Agora, o próximo passo para a Coinbase é integrar sua tecnologia às novas subsidiárias”, disse o porta-voz, sem fornecer um cronograma.

Na última sexta-feira (13), a Coinbase havia anunciado em um post no blog oficial, que estava “explorando a adição de vários novos ativos” e atualmente trabalhando com bancos e reguladores locais para disponibilizá-los no máximo de jurisdições possível.

Os criptoativos informados pela bolsa foram Cardano (ADA), Basic Attention Token (BAT), Stellar Lumens (XLM), Zcash (ZEC) e Ox (ZRX).

No entanto, ela não garantiu, ainda, a listagem na plataforma, mas a mudança seria uma bela jogada para a empresa que atualmente só permite que os clientes negociem Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum e Litecoin.

A exchange ainda observou que alguns dos criptoativos podem estar disponíveis apenas em alguns países por razões legais. E ressaltou que não significa que a empresa determinou que as cinco criptomoedas não são valores mobiliários.

 

Anúncios